E-commerces de moda apostam no marketing digital para impulsionar as vendas, atrair e conquistar cada vez mais clientes.

Com mais de 365 mil empresas de varejo e 680 mil postos de trabalho, o mercado de moda segue como um dos que mais cresce no Brasil. Só em 2017, foram vendidas 6,15 bilhões de peças, com crescimento de 8,8% e movimentação de 192,23 bilhões de reais, com previsões ainda mais positivas para 2018. Além do varejo, outro responsável pelo aumento das vendas desse mercado é o comércio eletrônico. De olho nesse nicho que só cresce, os varejistas têm apostado forte em estratégias digitais, essenciais para a consolidação da marca e das vendas pela internet.

Afinal, só em 2017, o faturamento dos e-commerces superou 59 bilhões de reais, com crescimento de 12% em relação ao ano anterior, segundo a Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm). Para 2018, as perspectivas são ainda melhores, com aumento projetado de R$ 15% e faturamento de 69 bilhões de reais. Em franca expansão e competitividade, o maior desafio das lojas virtuais é justamente oferecer a maior quantidade de ações para atingir e atrair diversos públicos.

Acessórios a um clique de distância

É caso da E-clock, loja virtual que oferece as principais marcas de relógios do mundo, pertencente ao Grupo Estrela de Ouro, há 16 anos no mercado e que vem apostando nas vendas online desde 2011. Com tíquete médio de R$ 454,40 nas compras online, os acessórios tem se destacado no setor de moda, o que fez com o que a E-clock avaliasse a tendência do mercado varejista e optasse pela expansão com um canal de vendas pela internet.

“Desde o início, buscamos oferecer relógios femininos e masculinos das principais marcas nacionais e importadas visando consumidores de vários estilos, desde mulheres mais ligadas à moda, público esportivo e pessoas com visual moderno e urbano. E foi com uma estratégia forte de marketing digital que conseguimos otimizar o alcance e performance das vendas online”, conta o Gerente de E-commerce da E-clock, Sandro Feitosa Dias.

Navegabilidade, responsividade e segurança são fundamentais no e-commerce

Como o mercado e as empresas de moda tem notado, toda estratégia de marketing digital deve ser completa e integrada para obter sucesso. O primeiro passo deve começar por um site com navegabilidade fácil e prática. “Os sites são a porta de entrada, onde o cliente terá a primeira impressão da empresa, por isso, a importância de oferecerem uma experiência de navegação que permita encontrar produtos com facilidade e conteúdo capaz de esclarecer todas as suas dúvidas”, explica Ricardo Prates Morais, diretor da agência de marketing digital Emarket.

Por isso, as marcas devem transmitir confiança e credibilidade com um design atraente e, principalmente, responsivo, que permita uma boa navegação em dispositivos móveis – o que atingirá mais de 60% dos usuários conectados hoje em dia. Em todo mundo, em 2016 eram mais de 6,4 bilhões de dispositivos conectados, número que deverá aumentar para 50 bilhões até 2020, segundo a Gartner.

Outro fator definitivo para o aumento das vendas é que o site seja seguro. Para isso, é fundamental para toda loja virtual contar com um certificado digital de segurança, garantindo integridade, autenticidade e confidencialidade das informações eletrônicas.

SEO e Google Adwords para conquistar mais clientes

Além do site, uma das principais estratégias de marketing digital utilizadas pela E-clock é a consultoria de SEO, que tem o objetivo de fazer com que o site apareça nas primeiras posições do Google, garantindo uma audiência qualificada e gratuita. Feito de forma abrangente e profunda, o SEO permite conquistar boas posições na busca orgânica para palavras-chave relacionadas aos produtos e também a comportamentos de compra do internauta.

Por mais que outras mídias acrescentem em uma campanha, é principalmente no Google que o lojista vai encontrar o usuário com maior potencial de compra, pois ele está procurando pelo produto que deseja. Por isso, o SEO para posicionamento do site na busca orgânica é a principal forma das lojas virtuais garantirem uma audiência qualificada durante muito tempo e com um menor investimento se comparado a outras estratégias.

Além do SEO, outra estratégia importante para conquista de clientes e aumento das vendas é o Google Adwords, onde um dos segredos para aumentar as conversões é escolher as palavras-chave corretas para atingir o público com mais intenção de compra ainda. Adotando medidas como essas, a campanha se torna mais focada em vendas, objetivo maior de todo lojista.

Mídias Sociais para fortalecer a marca

Para empresas do setor de moda, o uso de mídias sociais é essencial para a divulgação e venda dos produtos, porque garante alto alcance de usuários que poderão descobrir e vivenciar o estilo de cada marca. Com uma definição de público bem estruturada e personas definidas, é possível conquistar relevância nas mídias sociais – e postagens de valor mais conceitual, com uma identidade de marca bem estruturada, também ajudam as empresas a se consolidarem no mercado.

Entender o consumidor, criar embaixadores e gerar engajamento são as maiores funções das redes sociais. Para um segmento que movimenta quase R$ 10 bilhões em salários em todo País, tudo indica que o marketing digital veio para fortalecer ainda mais um setor que continua em franco crescimento em 2018.

Fonte: Terra